sábado, fevereiro 02, 2013

Mar




Sentado na beira da praia de Boa Viagem, conversando sobre o mar. Era assim que ele estava da última vez que conversou com o amigo castor.
Um caju caído entre as areias de um dia de semana, sem movimento, em um dos jardins de Boa Viagem. Era o que recordava.
Abrira um guarda-chuva pra se proteger do sol e olhava, por detrás dos óculos escuros, as ondas intermitentes a se arrastarem sobre a areia molhada.
A conversa, longe, sobre música e o mar. Marinheiros de primeira viagem. O mar a dar suas idas e vindas.
O caju com saudades do ar, de estar suspenso em seu cacho.
O castor a querer descer de batisfera os abismos do mar.
O tempo a passar naquela conversa.
Por fim se despediram.
Nem mar, nem ar. Cada um foi pra sua casa.



2 comentários:

Carolis disse...

Vivi mentalmente o seu cenário, amigo...e a vida me parece que se dá assim, suspensa.

Adorando seus desenhos!Eles estão mais sabidos desde a faculdade!;D

Tempestade disse...

Rssss, obrigado Carols.
É bom demias encontra um coment teu por aqui.
=D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem procura...